wamy

Início-wamy

Sobre wamy

Esse autor ainda não preencheu quaisquer detalhes.
So far wamy has created 22 blog entries.

A Criação de Ciências Específicas sobre a Lei Islâmica

Nenhuma nação deu tanta atenção à sua religião como o fez a nação muçulmana. Isso se revelou na inovação de ciências puramente islâmicas, semelhantes às quais jamais existiram em nenhuma nação. Dentre as mais importantes destas ciências: 1 - Ciência dos fundamentos do Hadith (Usul Al-Hadith): A ciência dos fundamentos do Hadith é uma ciência relacionada com a Sunnah (tradição) do Profeta Muhammad, que é considerada a segunda fonte de legislação islâmica, sucedendo o Alcorão Sagrado. A importância da Sunnah decorre do fato de que ela explica e detalha o Alcorão. O profeta (a paz esteja com ele), através de suas palavras, atos e aprovações, interpretou e explicou o Alcorão e orientou os muçulmanos à maneira de aplicar o Islam e executar suas leis. As partes da ciência dos fundamentos do Hadith A ciência do Hadith é definida como “a Ler mais...

2019-12-19T17:32:09-03:0009 de novembro de 2018|Categories: Ciências da Religião|

Os Direitos da Mulher na Civilização Islâmica

O Islam elevou a mulher e a valorizou, concedeu-lhe nobreza e bom relacionamento sendo filha, esposa, irmã e mãe. O Islam estabeleceu, inicialmente, que a mulher e o homem foram criados de uma só fonte, por isso as mulheres e os homens no aspecto humano são iguais. Disse Allah, o Altíssimo: [Ó humanos, temei a vosso Senhor, Que vos criou de uma só pessoa e desta criou sua mulher, e de ambos espalhou pela terra numerosos homens e mulheres] (Annissá: 1). E existem vários outros versículos que esclarecem a eliminação do Islam o princípio da distinção entre o homem e a mulher nos valores humanos comuns.   O valor da mulher no Islam Partindo destes princípios e negando os costumes da jahiliyah (época pré-islâmica) e das nações anteriores no assunto da mulher, o Islam chegou para defender a mulher e Ler mais...

2019-12-31T22:35:06-03:0027 de setembro de 2018|Categories: Ética e Direitos|

Os Direitos Humanos na Civilização Islâmica

Nietzsche, um filósofo alemão, diz: “Os fracos incapacitados devem ser dizimados! Este é o primeiro princípio dos princípios de nosso amor pela humanidade! E devem ser ajudados nessa eliminação”[1].     A filosofia e lei do Islam jamais se desviaram dos valores e da moral, esta filosofia foi representada no reconhecimento de uma série de direitos que abrangeu todos os seres humanos, sem distinção de raça, cor ou língua e abrangeu também o seu meio, com o qual se relaciona. E foi representada também pela proteção do Islam a estes direitos com a autoridade da lei, com a garantia de sua aplicação e com a imposição de punições a quem cometer infração contra estes direitos.   O ser humano no Islam O Islam tem uma visão elevada sobre o ser humano, cheia de nobreza e grandeza a partir do dizer Ler mais...

2019-12-31T22:42:26-03:0027 de setembro de 2018|Categories: Ética e Direitos|

A Preocupação do Islam com a Beleza Exterior do Ser Humano

Deus criou o ser humano belo e com a melhor formação e mais nobre imagem. Ele (exaltado seja) diz: [Nós criamos o homem na melhor das formas] (Attin: 4). E também diz: [Aquele que te criou. Formado te na devida proporção, e também te dei apenas um viés, em qualquer forma que ele quer, Ele te colocou juntos] (Al Infitar: 7, 8). Allah (exaltado seja) também descreve o adorno e beleza que Ele concedeu ao homem no mundo, dizendo: [Por certo, fizemos do que há sobre a terra ornamento para ela, a fim de pôr à prova qual deles é melhor em obras] (Al Kahf: 7). Deus também ordenou a lemos a ornamentação e o embelezamento no Nobre Alcorão, censurando aqueles que rejeitam o desfrutar daquilo que Deus criou na natureza e concedeu aos Seus servos. Ele diz: [Ó filhos Ler mais...

2019-12-25T01:42:00-03:0019 de setembro de 2018|Categories: Arte Islâmica|

Os Chafarizes nos Jardins Islâmicos

As fontes nos jardins islâmicos fazem parte das competências dos agricultores, engenheiros e artistas muçulmanos, no uso de água nos jardins. "A água foi utilizada em jardins islâmicos de forma diversificada, em forma de superfícies áquáticas sombreadas por árvores, em forma de fontes que auxiliam no movimento da superfície da água para que ele não atue como superfície reflexiva, sob a forma de tubos superiores a partir dos quais a água flui, causando uma brisa aceitável, ou em forma de mola."[1]   Os chafarizes nas cidades muçulmanas Depois de ter visto parte de como os jardins islâmicos se difundiram amplamente nas áreas muçulmanas, até mesmo dentro das casas, podemos dizer: nós podemos dobrar esse imaginário, e contar o número de fontes em todos os jardins das cidades islâmicas, porém esse número é incalculável. Mesmo as casas pobres da sociedade islâmica Ler mais...

2019-12-25T01:58:46-03:0018 de setembro de 2018|Categories: Arte Islâmica, Destaques|

A Beleza do Meio Ambiente… A Beleza no Alcorão e na Sunnah

Os muçulmanos assimilaram a beleza contida nos versículos do Alcorão e nos ditos do Profeta (a paz esteja com ele) e, assim, isso os inspirou a produção de belos jardins na terra. A descrição do Paraíso citada repetidamente nos versos do Nobre Alcorão e nos ditos do Profeta Muhammad (a paz esteja com ele) teve que formar o senso de beleza do ouvinte. E sendo o Islam uma religião que incita o muçulmano ao trabalho, se espera que o ouvinte irá transformar o gosto pela audição em gosto pelo trabalho. O Islam deu grande atenção à beleza do ambiente, o que torna as suas instruções nesse domínio uma contribuição significativa para a civilização humana, que não teve o interesse - exceto recentemente - na proteção e beleza do meio ambiente. A beleza criada pela civilização islâmica para o ambiente que Ler mais...

2019-12-25T02:59:27-03:0006 de setembro de 2018|Categories: Arte Islâmica|

A Arte da Decoração

O artista muçulmano se dirigiu para novos mundos, distantes do desenho de pessoas e da reprodução da natureza, onde ele mostrou a sua excepcional genialidade e criatividade, usou sua imaginação, seu sentido delicado e gosto autêntico. E o mundo da decoração e ornamentação é um desses mundos. Se a indústria da estética é a função da arte islâmica, a ornamentação é um dos importantes meios que produzem esta beleza, pois é um ato puro que só objetiva produzir beleza, e aqui a forma da arte se combina com o seu conteúdo para se tornar uma unidade coesa para produzir beleza externa e internamente, o que dificilmente podemos encontrar em qualquer outra arte[1].   As características da ornamentação islâmica A ornamentação islâmica tinha características distintas, que muito contribuíram para destacar a imagem civilizada do renascimento islâmico. Ela cresceu e prosperou extraordinariamente Ler mais...

2019-12-25T03:06:19-03:0006 de setembro de 2018|Categories: Arte Islâmica|

A Difusão dos Jardins na Civilização Islâmica

"A Vista dos jardins lança prazer e vitalidade ao coração. Além disso, a contemplação deste prazer e beleza brilhante lançados sobre o coração dão vida aos corações, e a consideração dos efeitos da inovação nos jardins faz glorificar o Criador que aperfeiçoou tal beleza extraordinária. Os maiores artistas são incapazes de pintar e formar uma única flor, assim como a sutileza das cores de uma única flor, o entrelaçamento de suas linhas, a organização das pétalas de uma única rosa, tudo isso parece um milagre de tirar o fôlego até mesmo dos gênios da arte antiga e moderna. Isso, sem contar o milagre da vida que se desenvolve nas árvores, que é o grande segredo que desafia a compreensão humana ... ".[1] As imagens brilhantes com as quais o Sagrado Alcorão e a Sunnah estão repletos tiveram um impacto tangível Ler mais...

2019-12-25T03:16:55-03:0005 de setembro de 2018|Categories: Arte Islâmica, Destaques|

A Arte da Caligrafia Árabe

O valor suntuoso da caligrafia árabe A caligrafia árabe é considerada uma arte puramente islâmica. É uma realização da religião islâmica, e está intimamente associada ao Alcorão Sagrado. A palavra nunca tinha sido uma arte visível em nenhuma nação antes da revelação do Alcorão Sagrado. Apesar de todas as nações terem os seus respectivos idiomas e escritos, estes escritos foram restritos ao seu papel de expressar, considerando-se que estes escritos eram símbolos lógicos de significados para serem expressos. Mas, tais símbolos nunca se elevaram para se tornar uma arte estética, como ocorreu com a palavra árabe depois que o Alcorão Sagrado deu a ela um conceito de santidade.[1] O Dr. Ismail Faruqi[2] disse: "Não encontramos ninguém entre os que pertencem a todas essas culturas - ou seja, o povo da Mesopotâmia, hebreus, hindus, gregos, romanos e até mesmo os próprios Ler mais...

2019-12-25T03:20:13-03:0005 de setembro de 2018|Categories: Arte Islâmica|

A Beleza da Casa, Rua e Cidade

A construção do meio ambiente A casa, a rua, e a cidade representam o espaço no qual o se humano vive, e este espaço é conhecido ao pela humanidade atualmente pelo nome de "ambiente". É interessante notar que Allah (exaltado seja) fez da beleza deste ambiente um dos objetivos da existência do homem nessa vida. Allah diz no Alcorão, citando o Seu mensageiro Salih: [É Ele Quem vos fez surgir da terra e vos fez povoá-la] (Hud: 61). Ibn Kathir diz: "O versículo significa que Allah lhes fez nela para construírem-na e explorarem-na."[1] Zaid Ibn Aslam também disse: "Vos ordenou construir o que necessitam de casas e plantio de árvores. Também foi dito que o verso significa: “Ele vos inspirou a construção da terra, incluindo plantio de lavouras, escavação de rios, entre outros”[2].   Remover as moléstias do caminho das Ler mais...

2019-12-25T03:25:50-03:0025 de julho de 2018|Categories: Arte Islâmica|